quarta-feira, 21 de Outubro de 2020  20:01
PESQUISAR 
LÍNGUA  

Portal D'Aveiro

Inovasis Prescrição eletrónica (PEM), Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica (MCDT), Gestão de Clínicas My-Shop

Inovanet


RECEITA SUGESTÃO

Chanfana de Carneiro I

Chanfana de Carneiro I

Lava-se bem a carne, e deixa-se a escorrer durante 1 hora. Numa caçoila de barro, põe-se, no fundo, uma camada de ...
» ver mais receitas


NOTÍCIAS

imprimir resumo
17-10-2020

União de Resistentes Antifascistas Portugueses evoca aveirense Álvaro Seiça Neves.



O Núcleo de Aveiro da União de Resistentes Antifascistas Portugueses realiza, este sábado, dia 17 de Outubro, pelas 17h00, no Grande Auditório do Centro de Congressos de Aveiro, uma homenagem ao cidadão aveirense Álvaro Seiça Neves, no ano do centenário do seu nascimento.

Álvaro Seiça Neves nasceu a 28 de Março de 1920 e faleceu a 15 de Março de 1982.

Frequentou o Liceu Nacional de Aveiro, tendo sido preso pela polícia política do regime salazarista, sob a acusação de atividades subversivas. Chegou a ser julgado pelo Tribunal Militar do Porto, que o absolveu.

Estudou Direito em Coimbra, onde se licenciou. Neste período foi escolhido para representar a Academia na Comissão Distrital do MUD. Representou ainda a Academia em reuniões deste Movimento, algumas já como advogado.

Apoiou as candidaturas à Presidência da República de Ruy Luís Gomes e Arlindo Vicente e fez parte das comissões de candidatura de Norton de Matos e de Humberto Delgado.

Foi membro da Comissão Executiva do I Congresso republicano de Aveiro, em 1957. Em 1969 foi um dos secretários do II Congresso Republicano de Aveiro, onde fez a alocução de abertura.

Pertenceu às Comissões Nacional e Executiva do 3.º Congresso da Oposição Democrática, tendo presidido, por proibição da vinda a Portugal de Ruy Luís Gomes (exilado), à sessão de abertura.


ACESSO

» Webmail
» Definir como página inicial

Publicidade

TEMPO EM AVEIRO


Inovanet
INOVAgest ®